CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Carlos Alberto Santos
Viaje entre sonhos e poesias
Textos


Meu Pai.

Quantas vezes você me disse não,
Eu ficava triste e não compreendia,
Em alguns momentos agia com ironia,
E você sempre me estendeu a mão.

Agora sei que era para me proteger,
Das armadilhas que a vida tem,
Para eu trilhar os caminhos do bem,
E sozinho, meu destino percorrer.

Você na sua simplicidade,
Me ensinou demais,
E eu aprendi de verdade.

Se o tempo voltasse eu lhe diria,
Do amor que sinto e jamais,
Meus abraços eu pouparia.
Calbertosantos
Enviado por Calbertosantos em 13/02/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários